FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL
Entenda como os calçados tradicionais moldaram a qualidade da melhor tecnologia: seus pés
barefoot, nowayback January 19, 2024

Entenda como os calçados tradicionais moldaram a qualidade da melhor tecnologia: seus pés

Você já usou um par de calçados tradicionais por muito tempo e, como resultado, ficou com dores nos pés? Então, a dor é um sinal de que seu calçado não é o ideal para você. Descubra como o barefoot pode ajudar seus pés a voltar a viver o seu normal.

Quando andamos, nossos pés são as primeiras partes do nosso corpo que tocam o chão. Esse movimento acontece de forma tão automática e inconsciente, que quase ninguém pensa sobre isso.

Porém, o que a grande maioria das pessoas não sabem, é que nossos pés possuem uma enorme funcionalidade, carregando centenas de práticas para todo corpo. 

Aqui, você vai aprender muito mais do que a anatomia e funcionalidade. Você vai entender que sua melhor tecnologia: seus pés, precisa de mais atenção e cuidado.

IMG01_como os calçados tradicionais moldaram a qualidade

 

Evolução: um passo de cada vez

Ao analisarmos o processo de evolução humana, podemos notar que o movimento foi responsável - em grande parte - pelas mudanças do nosso corpo. 

E falar sobre o movimento é, basicamente, falar sobre a vida e a experiência de viver. 

Antigamente, nossos antepassados costumavam andar descalços, enquanto atualmente a maioria das pessoas utiliza calçados. Do ponto de vista da evolução, não fomos naturalmente moldados para sermos seres calçados. 

O impacto dos sapatos no crescimento e desenvolvimento de nossos pés permanece contínuo. Apesar disso, ainda existem algumas culturas que optam por viver sem calçados, proporcionando assim um campo de estudo valioso para comparação.

Foi realizado um estudo com uma população no Quênia que andam descalços comparado com outro grupo de pessoas que utilizam calçados. O estudo revelou que o grupo descalço apresentava menor propensão a lesões nos membros inferiores, possuía maior estatura, um índice de massa corporal mais baixo e exibia uma força e flexibilidade superiores nos pés. 

Além disso, o grupo que normalmente utilizava calçados possuía diferenças estruturais nos pés, especialmente em relação à configuração do arco plantar.

IMG02_como os calçados tradicionais moldaram a qualidade

Na imagem, é possível comparar a diferença de um pé que anda descalço e o outro somente com calçado. Fica meio óbvio de entender como nossos pés vêm sofrendo modificações com o passar dos anos devido ao uso dos calçados.

“A sociedade, aparentemente, concorda que o pé humano, como formado pela natureza, é grosseiro, vulgar e de aspecto desagradável, e que sua largura, especialmente na altura dos dedos, é excessiva. Ela considera o pé pequeno, e especialmente o estreito, como o belo. O ditame da moda tem maior influência que a razão.” -  Journal of Bone and Joint Surgery [pdf]

 

A anatomia perfeita

Uma coisa temos que concordar: nossos pés hoje não são mais naturais. Isso significa que nossa geração não possui os mesmos pés que nossos bisavós ou tataravós, por exemplo. 

É claro que estamos falando da sua forma. Afinal, nossos pés ainda possuem 33 articulações, 108 ligamentos e 25 músculos. 

E tem mais: eles possuem 10% do peso do nosso corpo. 

Os pés possuem tanta importância para nosso corpo, que ao mesmo tempo em que ele é maleável, ele é rígido. Sendo maleável ele nos possibilita movimentar-nos de diferentes maneiras e sua rigidez nos dá força para sustentação e impacto. 

Além disso, ele possui 4 importantes funções:

1 - Serve de base e suporte para sustentar todo o corpo;
2 - É um órgão sensorial super sensível e importante;
3 - Absorve os impactos, preservando outras partes do corpo;
4 - É uma alavanca propulsora dos movimentos.

 

Evolução: das modificações dos pés

Existe uma lei chamada “Lei de Wollf” que diz:

“A estrutura do corpo humano se modifica com a função”

E o que isso significa?

Ao usar, por muito tempo, calçados inadequados para nossos pés, ele se modifica conforme a ação que está sofrendo. 

Ou seja, usar um sapato que aperta seus dedos vai fazer com que ele - ao longo do tempo - fique com deformações e perca sua essência natural. 

Isso é um fator decorrente da moda e estética que vem ditando padrões ao longo dos anos que não prega pela saúde, e sim pelo que se dita “belo”.

De acordo com Isabel Sacco, Professora Associada da Faculdade de Medicina da USP e Coordenadora do Labimph (FOFITO - FMUSP), existe um estudo onde mostra que o uso de calçados normais por mais de 9 anos atrofiaram de 25% a 30% a área de secção transversa do pé. 

Ou seja, de uma forma bem direta, você vive, coloca o sapato e perde massa muscular. Simples assim. E como consequência, chegam as lesões, dores e deformações. 

A ideia de que calçados macios e grossos “protegem” nossos pés é uma grande falácia. Afinal, quanto mais amortecido o calçado, menos você utiliza seus pés. 

É aquele velho ditado: na natureza, ou você utiliza ou você perde.

IMG03_como os calçados tradicionais moldaram a qualidade

 

Barefoot = Feet of Tomorrow

Para viver a liberdade dos pés, respeitar a natureza humana e usufruir da evolução do nosso corpo, nasce FOT. 

A marca de tênis barefoot que veio para proporcionar a experiência de sentir tudo debaixo de nossos pés. 

Com vários modelos diferentes, Feet of Tomorrow te ajuda na hora de escolher o tênis barefoot ideal para você. 

É possível caminhar com proteção nos pés e, ao mesmo tempo, viver o que nosso corpo nos proporciona. 

Basta escolher de forma sábia o que nos motiva e o que nos move a sermos melhores. E isso pode começar olhando para baixo, para nossa melhor tecnologia: os pés.

 

Compartilhe:
  • SIGA-NOS NO INSTAGRAM

    @feetoftomorrow

    Faça parte da #ComunidadeBarefoot!

    BACK TO TOP