Educação

Liberdade é poder trabalhar com os pés livres

Liberdade é poder trabalhar com os pés livres

Liberdade é poder trabalhar com os pés livres

A liberdade é poder trabalhar com os pés livres. Nos últimos anos, o tema comfy tem recebido cada vez mais holofotes nas redes sociais. Especialmente na moda, muitas mulheres passaram a preferir roupas leves, estilosas e, acima de tudo, confortáveis. E muito disso pode ser relacionado ao período pós pandêmico.

Com mais pessoas trabalhando remotamente ou em sistemas híbridos, entre escalas presenciais e remotas, as mulheres perceberam a diferença de trabalhar com liberdade da cabeça aos pés. Este último, em especial, sofreu e ainda sofre demais quando as elas enfrentam uma rotina agitada de reuniões, fechamentos de propostas comerciais e outras idas-e-vindas.

Em comparação direta com os homens, as mulheres sofrem mais com dores nos pés. A causa disso é a rotina mais agitada, a dupla jornada e principalmente as regras de calçados “sociais”, com saltos, sapatilhas e outros modelos que as privam da liberdade dos pés.

Depois de décadas nessa jornada, os ortopedistas relatam que as dores no pé surgem entre mulheres de 45 a 55 anos. Os motivos dessas dores, segundo os especialistas, estão entre mudanças hormonais, falta de atividade física e, claro, uso prolongado de calçados inadequados. Aqui, voltamos mais uma vez para a ideia de liberdade.

A liberdade é trabalhar com os pés livres, independente da ocasião.

Esse sentimento ficou claro quando as mulheres se viram livres pela primeira durante a pandemia. Com regimes híbridos, os pés não se viam mais prejudicados pelos toe box justo, drops dos saltos e mais.

Agora, com a retomada do regime presencial, a pergunta que surge é: como trabalhar com pés livres em qualquer hora do dia?

Nesse sentido, não há dúvida quanto a resposta: barefoot!

Os calçados barefoot priorizam a liberdade dos pés, sendo a segunda melhor tecnologia e perdendo apenas para a anatomia natural dos pés livres. Contudo, muitos calçados priorizavam treinos de alta performance ou ocasiões menos profissionais. Esse não é o caso do EOS.

EOS é o FOT projetado para toda situação. Formal, esportista, minimalista, responsável, elegante e livre, é o barefoot para quem quer trabalhar com os pés livres.

 

TIME FOT

Reading next

Transição segura para corrida barefoot
A liberdade é melhor com companhia

Leave a comment

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.